terça-feira, 5 de maio de 2015

[Resenha] Cidades de Papel - John Green


Cidades de Papel
Autor: John Green 
Editora: Intrínseca   
Páginas: 368

"É muito difícil ir embora – até você ir embora de fato. E então ir embora se torna simplesmente a coisa mais fácil do mundo."

Antes de tudo, queria dizer logo que esse livro não me proporcionou a leitura que eu esperava. Acho que simplesmente não consigo gostar muito de um livro que começa do nada e termina em lugar nenhum  Quentin Jacobsen é um jovem adolescente que alimenta uma paixão platônica por sua vizinha Margo Roth Spiegelman. Em uma noite, sem qualquer aviso, Margo bate na janela do quarto de Quentin e ordena que ele seja seu motorista e cúmplice naquela noite. Os dois vivem uma madrugada de grandes aventuras e Quentin que é apaixonado por ela, acredita que aquela noite será um divisor na vida deles. Só que no dia seguinte, Margo desaparece sem deixar vestígio. Ela possuía o hábito de fugir de vez em quando, a tal ponto que seus pais já nem se importavam mais. Quentin, junto com alguns amigos, decidem procurá-la. Ele sabia que uma das características de Margo era deixar pistas misteriosas e aleatórias sobre seu destino. Ele sente que as pista foram deixadas para ele descobrir.A história é meio engraçada e profunda, esse livro nos inspira a ideia de buscar novos caminhos, a perceber que ir embora pode não ser tão difícil quanto pensávamos.Os personagens são bem clichês, mas ainda até que dá um leitura proveitosa. Algumas parter sem bem chatinhas. Uma coisa que acho incrível em qualquer livro do Jhon Green, é que ele sempre trás uma curiosidade. Eu nunca ia imaginar o verdadeiro significado de Cidades de Papel. 

11 comentários:

  1. Olha com John tenho um pé atrás em alguns livros kkkkk adorei a resenha simplesmente mto bm escrita e bm objetiva.
    Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada de John Green mas até que parece interessante o enredo desse livro... Quem sabe eu leia! Mto boa a resenha, bem objetiva!
    Abraços
    www.palavrasefogo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Estou com esse livro há meses na estante e nunca consigo começar. Todo mundo me diz que é fraco.. Bem, vou ver se consigo pegar para formar uma opinião também.
    Beijos, Thamara Laila
    www.janelasviajantes.com :)

    ResponderExcluir
  4. Eu amo muito esse livro, é o favorito do John Green e mesmo tendo personagens bem comuns acredito que a profundidade que tem por trás de cada um é única.Mas adorei a resenha, você foi sincera no que pensa.

    http://www.studiodecliches.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li esse. Sou fã do John, e esse sem dúvida esta na lista!
    Parabéns pelo blog e pela resenha. Só me deixou com mais vontade de ler. Sucesso!!! :D

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha, bem diferente das que já li.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. segue?? http://falasobre1.blogspot.com.br/

      Excluir
  7. Do John Green só li "A Culpa é das Estrelas", que amei do começo ao fim, tenho grande curiosidade por conhecer suas outras obras, e tenho o físico de "Cidades de Papel", mas por algum motivo não consigo me sentir empolgada o suficiente pra pegar o livro e iniciar a leitura...
    To seguindo o blog, beijos!

    http://veiasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu gostei bastante desse livro, dei várias risadas com ele, apesar do seu final meio decepcionante. http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Tenho muita vontade de ler essa história. Parabéns pela resenha. Gostei e muuuuito.
    Adrielli Oliveira
    loading1blog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir